24
dez
08

Resenha do Depois da Guerra no Dot Gospel

O site Dot Gospel fez uma resenha do novo álbum do G3. A autoria é de Tiago T83. Confira!

Oficina G3 – Depois da Guerra

Há muito tempo que o cenário gospel nacional caiu numa mesmice sem precedentes. Todos os grandes lançamentos são direcionados a um estilo congregacional, e esse público por sua vez acabou se fechando no mundo particular de adoração. Esse ciclo vicioso produziu novas mutações, “setores” no meio dos cristãos brasileiros, gerando uma guerra fria entre o povo de Deus.

No álbum Depois da Guerra, o Oficina G3 traz vida a um movimento antes encampado pelos cariocas do Fruto Sagrado. A cisão no protestantismo brasileiro é preocupante, e com certeza o maior perdedor será o evangelho, caso não se deixem as vaidades de lado. E é justamente para o público que se fechou nas igrejas a maior mensagem deste álbum.

Na estréia de Mauro Henrique nos vocais, o Oficina G3 salva toda uma década de péssimos trabalhos no cenário rock. Riff’s antes ignorados pela banda em seus trabalhos, agora presentes em boa quantidade no álbum trazem uma nova característica à banda que caminhava para a mesmice anterior.

Um grande problema de álbuns nacionais é a dificuldade em realizar com qualidade trabalhos em outro idioma. Neste cd o Oficina G3 com seu novo vocalista consegue alcançar um padrão bom de pronúncia para as músicas em inglês. Nas tentativas anteriores da banda (Juninho na música Your Eyes – Indiferença e PG em Don’t Give Up – Humanos) eles alcançaram algo não muito bom. Desta vez é diferente, Mauro Henrique tem boa pronúncia, dicção e voz pro idioma, e esse é  mais um ponto positivo do cd.

Musicalmente, a banda exteriora suas influências de DreamTheather em grande parte das músicas. Há quem enxergue nos solos de guitarra influência de Michael Sweet (CarlitosFanatikos no tópico Oficina G3 do dotFórum tem convicção disso) e quem como eu sinta um pouco de Dave Grohl nos riffs. Jean Carllos nesse álbum alcançou o ápice de suas frases no teclado, com linhas muito bem escolhidas, bons timbres e ótimos backing vocals, trazendo uma agressividade que faltou à banda nos tempos que Juninho Afram assumira os vocais. Duca Tambasco como sempre traz sua competente contribuição, dessa vez um pouco mais discreta. Diria até que um pouco menos brilhante que a do freelancer Aposan na batera. Esse sim é um detalhe curioso do álbum: em sua participação no Elektracústica a linha de batera não trazia uma identificação com o trabalho da banda. Neste álbum, fica a impressão de que o competente baterista sempre trabalhou com rock. O que muitos ignoram é que antes de ingressar no Oficina G3, Aposan era figura fácil no cenário black em São Paulo, trabalhando com gente como Paulo César Baruk e outros.

Déio Tambasco aparece no álbum de uma forma totalmente nova. Sua composição “Meus Próprios Meios” em nada se parece com suas contribuições anteriores para a banda (vide “O fim é só o começo” – “Além do que os olhos podem ver”), numa faixa que tem características bem distintas de todos os seus trabalhos anteriores, inclusive os solos.

A banda com certeza deve muito dessa guinada aos novos produtores, Marcelo Pompeu e Heros Trench (Khorzus), que segundo Duca, ampliou a visão musical da banda em 360 graus.

A regravação da canção I tried to change (FullRange, antiga banda de Mauro Henrique), agora rebatizada de Unconditional, acompanhada de People get Ready e Better mostra bem os caminhos que a banda pretende trilhar no exterior. Aliás People Get Ready ganhou uma versão digna de sua história. Com certeza Curtis Mayfield ficaria orgulhoso ao ouvir essa versão!

A verdadeira missão deste álbum será fazer que sua mensagem seja ouvida,  e que por consequência, vejamos menores ou caídos os muros erguidos entre nós. Mas já é grande a contribuição deste trabalho em termos musicais. É diferente, novo e animador. Diria que é a salvação da lavoura nesta década!

Anúncios

6 Responses to “Resenha do Depois da Guerra no Dot Gospel”


  1. 1 sergio
    dezembro 25, 2008 às 12:06 pm

    Concordo com 99% do que ele disse.. rssrsrsrsrsrsr

  2. 2 CALEBE
    dezembro 27, 2008 às 1:34 am

    É BOM OUVIR COMENTÁRIOS DE QUEM ENTENDE DE MÚSICA COMO UM TODO, QUE SABE DO QUE É A CENA GOSPEL HOJE E O QUE JA FOI. OFICINA G3 É A NOSSA ULTIMA ESPERANÇA DO ROCK GOSPEL NACIONAL.

  3. dezembro 27, 2008 às 9:14 pm

    Com certeza um ótimo e empolgante album, mas o que passou passou já era, de vez em quando a alma pede algo mais profundo como o Elektracústica e acho que Juninho assumiu com competência os vocais, e agora é uma era nova com Mauro Henrique e tende à melhorar.

  4. 4 silas
    janeiro 4, 2009 às 4:35 pm

    Foi só eu ou sertá que mais alguém sentiu uma pitada de KUTLESS na música Unconditional?
    Cara, sem dúvida, com devido respeito aos trabalhos anteriores do g3, este é o melhor trabalho da banda…tanto no aspecto musical quanto das letras!Desde o além do que os olhos podem ver estava me distanciando da banda mas este cd colocou muirta lenha na fogueira…sem palavras…ah, e a respeito do trabalho do Heros e do Pompeu, perfeito…muito peso sem estourar os meus tímpanos nem forçar o player…demais!

  5. maio 9, 2009 às 5:49 pm

    Fico feliz por ver a repercussão que a resenha do àlbum Depois da Guerra teve. Com todo o carinho pela banda, ouvi e ouvi o cd inúmeras vezes numa tentativa de ser justo com o trabalho, embora saiba que isso é impossível.
    Grato pela audiência e crédito.
    Fiquem na Pax!

  6. 6 Samuel
    agosto 25, 2009 às 2:50 pm

    Excelente artigo, precisamos de pessoas assim que falem a verdade, outro site com questões polêmicas é o http://www.contradicoesbiblicas.com.br


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Creative Commons License

Atualizações Twitter

dezembro 2008
S T Q Q S S D
« nov   jan »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Fundação

A MGAssessoria começou em 2006 e o site está no ar desde 04.11.2008.

Estatísticas

  • 114,883 visitas

MGAssessoria Fotos

RSS Dot Gospel

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: