04
nov
08

Entrevista – Duca Tambasco

Prestes a lançar o 10º álbum da carreira, “Depois da Guerra”, o baixista do Oficina G3, Duca Tambasco, entrega os principais detalhes da obra, que marca uma série de mudanças importantes para o grupo.

Em termos líricos, sobre o que o CD trata? O nome, “Depois da Guerra”, é forte. Como foi o processo de definição das letras?

Duca Tambasco – A gente começou a compor esse CD sem pensar num assunto especifico. Porém, tudo foi caminhando para um lado onde nós acabávamos falando sobre essa questão de guerras, em geral, que vivemos. Não é 100% sobre a guerra entre o próprio povo de Deus no que diz respeito a divergências de opinião, que às vezes mais separa do que aproxima os irmãos em cristo.

Mas, principalmente, de guerras internas nossas, não só entre irmãos, mas da carne contra o espírito, da guerra do dia a dia, de você acordar e encarar a sua rotina e enfrentar isso com a ajuda de Deus. Que às vezes o dia-a-dia, ao invés de parecer uma coisa rotineira, te joga pra baixo, te derruba.

É um álbum conceitual?

Não posso dizer que é conceitual, porque não foi algo pensado, mas acredito Deus direcionou as coisas para que tocássemos nesses assuntos que são cruciais para o bem estar entre os irmãos e nosso crescimento como humanos, pessoas, cristãos.

A faixa título fala sobre uma guerra que divide o povo de Deus. Tem uma balada que fala sobre a guerra interna, outra faixa que fala sobre esperança., sobre coisas boas, aproveitar a vida. Tem N assuntos, mas o X da questão é o ser humano. Não ficamos atacando políticos, nem doutrinas, mas damos um foco no ser humano em si, falando sobre todas as coisas. É um grande ponto do CD ter tocado na alma do homem. Pra que, você tocando na alma do homem, quebrando o coração do homem, o resto é conseqüência, o que tentamos falar nas diversas letras desse CD.

Na sonoridade, o que mudou? Como os novos produtores interferiram neste processo?

Gravamos com os caras do Korzus, Marcelo Pompeu e Heros Trench. A gente já queria uma sonoridade mais pesada, porque tínhamos feito o Elektracustika como um CD de 10 anos depois do primeiro Acústico, então queríamos algo diferente e fizemos ele. Mas ok, passou. Agora era hora de dar continuidade ao que a gente quer que é o rock n roll, um som mais metal, mais rock. Tudo coincidiu pra acontecer da forma que a gente queria. E aí calhou de ter encontrado a produção do Heros e do Pompeu, que conheci através do CD do Threat. Fiquei maravilhado com a sonoridade, o peso, a produção, essa coisa de parecer até uma banda gringa, pela sonoridade, a qualidade. Fomos encontrar com os caras, trocamos idéia, mostramos o que queríamos e começamos a trabalhar.

Se a gente tinha uma linguagem em 180 graus eles expandiram em 360, pra todos os lados que se possa imaginar: em rock, peso, linguagem, ritmos. E foi muito legal trabalhar com eles. O profissionalismo dos caras tem sido muito bacana.

A entrada do Mauro Henrique nos vocais foi algo que ninguém esperava. Qual é a história da entrada dele na banda?

Na verdade, foi uma coisa louca (risos). Falando sério, nós (eu, Juninho e o Jean) temos muito zelo pela banda, prezamos muito pela banda que Deus confiou a gente. Sempre tivemos muito medo de colocar um vocal e o cara usar a banda como trampolim, usar o veículo e sair fora, mas as coisas foram acontecendo de forma interessante. Não estávamos procurando um vocalista nem pensando nisso, o CD tava sendo todo composto pro Juninho cantar. Os arranjos eram pra linha vocal dele.

De repetente pintou o Mauro que foi uma coisa interessante porque o Juninho comentou que o Izabê, ex professor de vocal dele falou que tinha um cara, que veio fazer um teste e reacendeu essa chama, essa idéia. Sabe? Nunca iríamos saber se não tentássemos. Ligamos pra ele no mesmo dia, ele veio pra São Paulo, e começamos a caminhar com ele, levá-lo para alguns shows, passar a ver como ele se saia no palco fazendo uma participação especial.

Mas a finalidade principal era conviver com ele, andar com ele, e isso foi tranqüilizando nosso coração. Andar com ele, ver que, é claro que a gente nunca vai ter certeza até andar 10, 20 anos com o Mauro e ver que o cara é um cara que a gente não abre, só vou saber isso com o tempo mas nos poucos meses já deu pra ter uma certa confiança. Chegou uma hora em que sentamos, eu, Juninho, Jean, pensamos: daqui pra frente vamos assumir o risco. Oramos muito, oramos com o Mauro, com o pessoal da nossa equipe que são pessoas compromissadas com a gente, com Deus, que estão no nosso barco e tem um zelo pelo ministério. E chegou uma hora que nosso coração ficou tranqüilo. E daqui pra frente ou assumimos isso ou ficamos na dúvida.

Não que a voz do Juninho não tivesse boa. Mas chega uma altura de campeonato que você tem que assumir certos riscos. E ele chegou pra somar, porque ele é um super músico, toca baixo e guitarra pra caramba. Não é simplesmente um cara que canta o que pedem e vai embora. Não, ele tem conhecimento, arranja, soma, discute, propõe. Discutimos caminhos pra música, o que facilita muito, porque a comunicação é muito mais fácil. Não é só um cantor, é um músico. Ele sabe falar pra você uma idéia sobre baixo, sabe explicar isso, agregando mesmo. Se o CD já tava ficando bom pelas letras, músicas e produção, ficou ainda melhor com a entrada dele. Cada vez que a gente ouve é uma emoção.

O álbum conta também com várias pessoas na composição. Como isto aconteceu?

A gente sempre opta. È difícil abrir o leque pra mais pessoas ajudarem na composição, porque, as vezes, quanto mais gente, isso pode atrapalhar e tumultuar em vez de ajudar.

Tem uma música do Cris, de Vitória, ele e a banda dele, que tem uma forma de enxergar a música, que é diferente da nossa, e quando eles expuseram a música, colocamos a nossa cara, nossa interpretação. Pra uma música que não era muito o nosso estilo. Sendo algo a mais pra todo mundo ouvir.

Vamos falar a real: em 20 anos de banda, os riscos da fonte esgotar é muito maior do que um grupo de 2 anos. Então é bom que o leque amplie pra outras pessoas, trazendo novas “roupagens” nas músicas com outras cabeças. Um amigo nosso, Gabriel Louback, trouxe uma faixa com uma letra muito bonita, mas o estilo não tinha nada a ver com a gente. Se você ouvir a música você não vai acreditar que tinha uma linguagem MPB, e nós transformamos numa balada rock. E a gente foi fuçando nela, e ficou muito legal…que só ouvindo pra saber. Depois de pronta deu uma sensação de missão cumprida muito legal. O estilo dele é diferente, do Cris de Vitória, do Celsinho (Celso Machado, o guitarrista), tudo isso é diferente, o que acaba dando uma diversificada interessante. E a música do Gabriel fala sobre uma guerra do dia a dia de você com você mesmo, tendo sempre que pedir forças a Deus pra continuar a nossa vida, e ele nem sabia da questão do CD que chamava “Depois da Guerra”, e caiu perfeitamente para o que a gente tava querendo. Tenho certeza que isso é o dedo de Deus, montando o quebra-cabeça.

E a participação mais específica do Celso e a regravação da música do Mauro?

O Celsinho tem uma visão de composição de letra e musical muito diferente, e ele foi dando a vestimenta que ele queria pra música, somando com as nossas idéias, e ficou muito legal. Todo mundo que é músico tem usa linguagem própria, seu próprio jeito de tocar. Eu e Celsinho temos jeitos diferentes e isso acaba dando uma diversidade interessante.

A do Mauro, “I Tried To Change”, nela nós não mexemos muito, porque ela é linda, e seria até um pecado mexer demais no jeito de tocar. Demos uma leve diferença, mexemos pouco em estrutura e a linguagem, com o toque do Oficina.

Gostaria que você falasse um pouco mais sobre a gravação do cover de “People Get Ready”, do Curtis Mayfield, porque é algo que vocês nunca fizeram antes, regravações de outros artistas, além de ser uma faixa clássica.

Ela tem uma história muito legal. Quando fomos pra Itália, pra Suíça e Inglaterra (em 2001)…nós conhecemos um cara que chavama Wally e a gente ficou com ele, era bem prestativo. Era canadense mas morava lá, e ele tava se dispondo a nos ajudar e era músico também. Conversamos sobre N coisas, passamos o dia com ele, enfim. E ele ia tocar, queria tocar uma música. E ele disse que queria tocar essa, “People Get Ready”, que é uma música simples mas com uma letra muito bonita, e essa música aproximou a gente. A comunicação entre nós estava um pouco complicada, pela dificuldade no inglês e a própria diferença de cultura. E quando tocamos a música, ela aproximou muito a gente. É incrível esse poder que a música tem, essa universalidade, e isso marcou todo mundo, foi uma experiência muito bonita.

E anos depois a gente pensou, “vamos pegar aquela música”…e aí fomos criando a coragem. Ela é música cristã, mas ficou eternizada na voz do Rod Stewart, que não é cristão. Mas assumimos também esse risco, que fala da esperança do povo cristão de ir pra terra prometida “que as pessoas estejam prontas pro trem que vai pro Jordão”, e você só precisa ter fé e ir pra terra prometida. É uma letra completamente cristã. Ela é animal e resume a nossa fé.

Essa experiência vai valer, e a gente acreditou e tocamos. Independente de ser pioneirismo, a música te aproxima, superando a dificuldade da língua, que as vezes acaba quando você tem fé em Jesus e a música como veículo pra pensar a nossa fé em Jesus, e levamos isso adiante.

Falando agora sobre o baixo neste CD, o que você buscou, o que ele traz em termos de som?

Nesse CD eu quis não fugir muito…eu tento sempre inovar, com novas linhas, mas não posso ser ingrato com o meu jeito de tocar que muita gente vem me falar que se espelha, gosta, e tudo. Porém sempre tenho a intenção de querer fazer melhor, linhas mais interessantes, seja nas frases rápidas ou não. As linhas são bem pesadas, em regiões bem graves, então o cara que ouvir vai sentir as guitarras parecendo um urso te abraçando, porém, parte desse urso é o peso do contrabaixo, nas regiões que procurei tocar de uma forma que envolvesse a guitarra e desse mais peso pra ela.

Na faixa “Muros”, por exemplo, tem uma linguagem meio metafórica, mas ela fala sobre muros de pedra que separam as pessoas, de muros visíveis e invisíveis que separam as pessoas…fiz umas linhas interessantes. To ouvindo umas coisas novas que foram sugestões do Mauro..Mudvayne, e eu nunca tinha ouvido. Ele me mostrou, e o baixista é um monstro, muito inteligente. Consegui agregar algumas idéias ao meu jeito de tocar.

Na faixa título eu fiz uma linha bem encaminhada na introdução, que acho que vale a pena ressaltar. Meu irmão (Déio Tambasco) também compôs, tem a participação dele em “Meus Próprios Meios”, que é uma das mais pesadas do CD, tendo uma cavalgada de guitarra nervosa. Usei até palheta, tem um two-hands bem legal e um solo também. Tá bem trabalhado, talvez o mais da história da banda. Não consigo fazer coisas simples, você se acostuma a fazer coisas complicadas, tá no sangue…você acaba complicando, deixando mais complexa. E esse CD tem bastante coisa.

Como foi trabalhar com o pessoal do estúdio, Na Cena, que representou uma mudança de ambiente para vocês?

Eles nos ajudaram muito. O Hebert e Marcos, que são os donos, o Zeca, técnico e o Rafa e o Vitor que são auxiliares técnicos. Eles estiveram envolvidos no projeto de uma forma que parece que a banda é deles, e isso é uma coisa que eu fico muito admirado e grato. Porque tem várias coisas q eles não precisavam fazer, mas os caras se desdobraram. Em pouco tempo de convívio criamos uma amizade muito grande, que agrega muito.

Com todas estas mudanças…qual a expectativa para a turnê? Como a banda está encarando ela?

Sinceramente, tenho a sensação de que será a melhor turnê do Oficina G3, na história. E não é a toa. Muita gente não entendeu a proposta do Elektracustika, que era uma fase, um momento, como se de 10 em 10 anos fossemos fazer algo diferente. E muita gente achou que tivéssemos mudado o estilo, e muita gente ficou até decepcionada.

Acho que esse é o momento, de juntar todas essas expectativas, e creio que será um boom grande. De que será o melhor momento da banda. É um show muito intenso, pesado, que vai deixar todo mundo pular, bangear…e com muito evangelismo também, sem dúvida. O rock é veículo pra falar de Deus, sempre, seja mais pesado ou mais leve, isso tá muito presente no DNA da banda.

Tenho a sensação de vai ser um divisor de águas na nossa vida. Sem contar o Mauro, eu acredito também que isso vai impulsionar muito. Estamos arriscando e acreditando bastante nisso. Estamos querendo, trabalhando e acreditando sempre no melhor, e as expectativas e sensações pra esse CD são as mais altas possíveis. Muita gente critica, mas não mexe uma palha pra falar de Deus pra ninguém. Estamos confiantes que tudo vai valer a pena.

Site Oficial: www.oficinag3.com.br

MySpace: www.myspace.com/oficinag3

Anúncios

64 Responses to “Entrevista – Duca Tambasco”


  1. 1 Lucas
    novembro 4, 2008 às 1:04 am

    Caraca!! to mais empolgado ainda lendo isso agora!!!

    Esse CD vai arrebentar com as cadeias do inferno!!!!! rsrsrsrs

    Q DEUS abençõe essa banda maravilhosa q eh o Oficina G3, e que dê sempre ânimo pra vcs nunca desistirem de levar o nome dEle através do Rock!!!!

    GOD Rulz!!

  2. 2 Jefferson
    novembro 4, 2008 às 1:33 am

    Meu… DDG será o melhor álbum da história do Oficina G3. Está visível na empolgação dos caras ao falarem do processo de gravação. Parece realmente que o CD está sendo produzido com todo o cuidado do mundo (visto seu atraso de quase 1/2 ano!!!) =]

    Aguardar para ouvir gente!

  3. 3 Thiago Arlotta Meireles
    novembro 4, 2008 às 1:37 am

    Bem….
    O Oficina G3 é o Oficina G3 e tenho absoluta certeza que este CD o melhor que já fizeram
    da pra sentir pelo free som que já tá causando
    com as pequenas amostras que já ouvimos na rede. Quanto ao novo vocal bem que já ouviu o Mauro cantar no fullrange por exemplo sabe que encaixou muitissimo bem, sem contar que para nós é muito bom ver o Juninho Afram com uma maior liberdade na guitarra. Bem Depois da Guerra trará um tempo de grande bonança pra quem curte o som Pesado do Oficina G3… Valeu Galera Deus abençoe HAUHAUHAUHAU!!!

  4. novembro 4, 2008 às 1:37 am

    Que DEuS te abençõe

  5. novembro 4, 2008 às 1:49 am

    É isso ai Duca…temos que louvar a DEuS de acordo com os dons que Ele nos presenteou…
    E creio que vc faz isso com seu coração…pois vo te fala uma coisa nunca vi solos de baixo tocarem taum profundo em nosso coração igual ao teu, isso e uma verdade tenho um ministerio aqui em londrina,e os que escutam oficina dizem sempre se perguntam com ele fai isso? como ele consegue? ai eu digo Ele entregou sua vida a Deus e buscou a perfeição naum fugindo do seu lado espirutual…pois Davi tocava e tocava bem…poi muita gente acha que é só tocar e pronto mais naum e bem assim vc sabe…mais eé isso ai manda um abrço para Juninho, Mauro e Jean….que DEUS continuem abençoando vcs e muito….fiquem com o DEuS que nos faz sorrir DEPOIS DA GUERRAAA… xD

  6. 6 Rafael
    novembro 4, 2008 às 1:57 am

    Que Deus abençôe vcs do G3
    tenho acompanhado vcs desde o disco Nada é tão novo e nada é tão velho e sei q a obra de Deus atravéz dessa banda é grandiosa! que Deus abençôe

  7. 7 Samuel
    novembro 4, 2008 às 10:37 am

    Louvo a Deus por essa banda separada pra fazer a diferença pro cenário musical e principalmente ungida pra alcançar vidas e impactar almas! Agora, além do CD, acho que um DVD cairia bem, certo?

  8. 8 thaynara e karine
    novembro 4, 2008 às 11:54 am

    estamos anciosas por mais um novo album…pelo visto vai ser THE BEAST…
    estamos contando os dias pra vcs virem para Parnamirim-rn…
    amamos vcsssss!!!!!!!!!!!!!!fiquem com DEUS.bjsssssss

  9. 9 Ipérides Junior, João Pessoa - PB
    novembro 4, 2008 às 1:08 pm

    É por isso que que me orgulho de ser fã desta banda maravilhosa porque, além de, ter grandes músicos como componente tem um diferencial que nenhuma das mais renomadas bandas terão… o temor do senhor Jesus Cristo. Tocar para que as pessoas gostem é relativamente fácil, mas conseguir tocar na alma daquele que está ouvindo só o Oficina G3 consegue.
    Que Deus continuem abençoando cada vez mais vcs e que nossos dias sejam melhores agora.. DEPOIS DA GUERRA!!!

  10. 10 leonardo
    novembro 4, 2008 às 1:08 pm

    ai g3 to aguardando com muita ansiedade o lancamento do cd aqui das minas gerais ,glorias ao bom DEUS por suas vidas oro ao SENHOR JESUS para sempre conduzir vcs a vontade DELE e se vcs estao ai ate hoje creio muito que e da sua vontade arvore que DEUS planta jamais sera derribada amo vcs meus irmaos e sempre JESUS,SALVACAO E ROCK N ROLL.amem!!!!!!

  11. 11 Carllos Neukom
    novembro 4, 2008 às 1:14 pm

    cara o duca me influenciou estou desesperado pra ouvir o cd Depois Da Guerra

  12. 12 agneia
    novembro 4, 2008 às 1:59 pm

    De mais,!!!!!!
    curto muito o som do G3
    espero anciosa pra ter o meu cd
    em maos,valeu galera do g3
    vcs sao uma bençao de Deus.

  13. 13 Odlavso Mendonça
    novembro 4, 2008 às 2:28 pm

    Ai galera do G3 !
    Que Deus Abençõe este novo trabalho estou orando orando por vcs!!!
    Fica na paz!
    Firmeza na Rocha e Fé no Redentor……

  14. 14 PEDRO AUGUSTO N.P
    novembro 4, 2008 às 4:11 pm

    É NÉH NUM NOVIDADE SABER QUE O OFICINA VAI TRAZER ALGO QUE COM CERTEZA VAI IMPRESSIONAR,O OFICINA SEMPRE QUEBRA TODAS AS ESPECTATIVAS,SOBRE O ELÉCTRACÚSTIKA TEM PESSOAS INSATISFEITAS COM O SUSSEÇO DA BANDA,E COM A PROPAGAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS,ANTES DE ESTAR NO CORAÇÃO DA BANDA, ISSO BROTOU NO CORAÇÃO DE DEUS, E É ISSO QUE IMPORTA, DEUS VAI ABENÇOAR E O “DEPOIS DA GUERRA” VAI MARCAR A HISTÓRIA DA BANDA E A HITÓRIA DE MUITA GENTE ATRAVÉS DESSE PODER DE TOCAR QUE A MUSICA TEM!!QUERO REPRESENTAR AQUI OS ADMIRADORES DA BANDA E DESJAR BOAS VINDAS PRA O NOSSO MAIS NOVO BROTHER MAURO HENRRIQUE!!!VLW GALERA[[[ESSE CD TA DEMORANDO EIM…RSRS]]]

  15. 15 Felipe
    novembro 4, 2008 às 4:14 pm

    Meus ouvidos agradecem ao G3, pois é um exemplo de banda cristã. E esse CD sem dúvidas vai ser a menina dos olhos de Deus… tô ancioso p chegada desse belíssimo trabalho…

  16. 16 Anibal
    novembro 4, 2008 às 4:31 pm

    Eu faço das minhas palavras uma musica, do metal nobre: ” Esperar em Deus, é muito mais que sonhar…”

    Esperemos, porque esse CD será bençãos sobre Bençãos. E tenho plena certeza que a espera será válida.

  17. 17 netinho rato
    novembro 4, 2008 às 4:39 pm

    estou esperando esse album com muita espectativa tenho serteza q será o melhor albúm da banda!!!! q Deus abençoe vcs !!

  18. 18 Davi Higino
    novembro 4, 2008 às 6:08 pm

    Valeu Mauricio por essa entrevista… valeu Duca, e muito bom esse contato quase que direto com os fas… e um privilegio curitr uma banda marivilhosa como essa que nos da atencao, e nos deixa a parte de tudo, ate do processo de composicao do album! Lancar um disco Metal como esse, voces estao realizando meu sonho! kkkk

    valeu, um abraco!
    perdoem a falta de acentuacao do meu teclado…

  19. novembro 4, 2008 às 6:36 pm

    Nusss…
    Esse CD do Oficina vai tah arrebatador.
    Vai ser o melhor, não só no quisito música, mas tbm na questão de ganhar vidas.
    O pessoal do mundaum curte progressividade, o G3 tah vindo com um som mais progressivo do que nunca.
    Deus abençoe voces…
    Mui loko…
    Pankadaum prao s2

  20. 20 Héber Carvalho Bh
    novembro 4, 2008 às 7:28 pm

    Bom , a melhor banda do brasil, tanto no seguimento gospel como no secular, com certeza vai ser muito bakana em termos de melodia e letra, O eletroacustica ficou muito bom , muito bem gravado as pessoas que não entenderam a proposta do cd, em relaçao ao Mauro , é arriscado mas com certeza vai ser único , o cara canta muito e vejo siceridade nele , eu nunca gostei do pg, muito estrela,e acabô “q deu no q deu”, ta la com aquele som bagunçado e ruin dele, espero e oro pra q o Mauro venha pra somar vcs, Oficina é estamos esperando um tempo este cd , e mesmo se ficar paia( impossivel) vou comprar e curtir e vou ao Shows pq vcs merecem respeito, é tipo como o lance do Stryper, sao os karas, vcs são o Stryper do Brasil, rs,..
    Q Deus abençoe vcs e q vcs fiquem sempre de pé sempre com esse proposito, Jesus NA Veia e Rock in ROolL.Mas aki duca q paia o fruto sair da mk né.. poxa os karas podian dar certo tinha q ficar , eles tambem tão na estrada ai um tempão , mereciam ser mais reconhecidos, esse povo so compra esses” trem “aí.. vcs me entendem né… não é verdade?.;
    abrçss.
    M.Existencia.

  21. 21 Tiago
    novembro 4, 2008 às 10:36 pm

    Impressionantemente surpreso com tanta coisa nova!
    Aplaudo a disposição dos caras em regravar People Get Ready, e também a busca por tornar o som da banda um pouco mais gringo…Sempre me perguntei o porquê da qualidade dos álbuns nacionais dever tanto pros gringos…
    Parabéns Oficina, nem ouvi ainda, mas pela iniciativa de se reinventar vale!
    ABRASS

    http://www.tiagochagas.wordpress.com

  22. 22 eudes santos
    novembro 5, 2008 às 2:36 am

    pow kra…eu naum sou evangélico…porem sou fã do G3…e pow kra…o duca ouvindo o mudvayne foi muito legal…signifika q a banda tah aberta pra outros tipos de musica…parabéns pra elles!!!

  23. 23 Flávio
    novembro 5, 2008 às 12:39 pm

    Eu curto a banda Oficina G3 faz mais ou menos 5 anos e pela primeira vez vejo nas palavras dos caras(oficina) que esse CD vai mudar a história do Rock Gospel do Brasil.

  24. novembro 5, 2008 às 1:32 pm

    Poxa! muito legal, ja tenho idaia do peso que vai vim este album. um abraço pra todos

  25. 25 ARTHUR LUIS
    novembro 5, 2008 às 1:43 pm

    POW VEI SOU INSPIRADO NO DUCA VENDO ELE FALAR ASSIM FICO MAIS IMPOLGADO PRA IR NO SHOW DEUS E FODA ,MESMO ARREBENTA COM O CAPETA

  26. 26 Ravih
    novembro 5, 2008 às 4:23 pm

    Tô Doido pra ouvir o novo Cd!!!

    Concerteza esse cd Vai ser um dos

    melhores Do Oficina . Espero que esse

    novo álbum arrebente …

    ABRAÇO PRA TODOS …

  27. novembro 5, 2008 às 4:35 pm

    Brother’s que Deus abençoe a cada dia mais e mais o talent de vc’s e que vc’s continuem usando pra levar a palavra de Deus entre as nações!

    Obs: estamos esperamdo um show aqui em Porto seguro ba, o ultimo foi em 2002, tá na hora hien?! rsrs
    abraços e fiquem na paz do nsso Deus!

  28. novembro 5, 2008 às 4:36 pm

    Ahh, quase esqueci, rsrs muito ancioso pelo new cd hehe! tenho todos tô esperando esse! falow rock in rool! kk

  29. 29 Richard
    novembro 5, 2008 às 6:02 pm

    Oficina, voces tem tocando muito bem, o que falta e um DVD, alem do cd, nos so tempo o DVD do Tempo pra assistir, tenho certeza que um DVD DDP Seria otimo! pense nisso!!!

  30. novembro 5, 2008 às 8:03 pm

    Caraca, estou ancioso para o show do oficina aqui em Recife a espectativa émuito grande para ouvir a voz do Mauro eu estarei la comcerteza eu sou fã deles sou tão fã que a minha banda tira couver deles (espelho magico, naves imperias, pirou) e outra.

  31. 31 Diego
    novembro 5, 2008 às 9:06 pm

    espero que esse cd esteja tão bom ou melhor que os anteriores eu tenho e tô esperando esse tambem valeu irmão que Deus abençoe vcs!!!!

  32. 32 maicon banda ide a missão
    novembro 5, 2008 às 9:31 pm

    brow que Deus abençõe muito vc e o ministerio de vcs vcs são benção na minha vida curto desde de muleque tenho uma banda e me inspiro muito em vcs abraço

  33. 33 Julyana
    novembro 5, 2008 às 11:47 pm

    Eu não concordo muito com o Duca em relação ao Elektracustika, pra mim este Cd ficou maravilhoso!!Eu amei..fui em vários shows e aprovei todos!!!
    Amo essa banda demais!!!!!
    Vocês são bençãos de Deus!!!!

    Parabéns!!!!

  34. 34 Melquesedeque
    novembro 6, 2008 às 1:50 am

    Nossa galera esto muito ancioso, pos este novo trabalho do oficina g3. Não tenho o que reclamar do trabalhos anteriores sou fam de todos eles…

    abraços fiquem com Deus!

  35. 35 Marcelo Alves
    novembro 6, 2008 às 3:56 am

    Tenho certeza que além de mais um cd, esse trabalho irá resgatar e transformar vidas! Essa é minha oração. Deus abençoe vcs!!!

  36. 36 Marcos
    novembro 6, 2008 às 12:08 pm

    Eu acho q ta demorando todo dia entro no site pra ver se o CD ja esta nas lojas e nada mas vale a pena esperar este CD vai detonar e eu vou ser o primeiro aki de Brasilia a comprar. “G3 é bom d+++” esta frase usamos sempre quando vem um daqueles irmaos q só falam mal e nao fazem nada pra falar de Deus cm o Duca falou; sempre estamos nos shows do G3 aki em BSB. Mas nós fazemos nossa parte falamos de Deus e divulgamos q falam dele.
    G3 voces sao 10 q Deus sempre continue abençoando o ministerios VCS e que seja espelho para outras bandas tb falarem do nome do SENHOR . “G3 é bpm d++++” um grande abraço Deus abençoe vc tchau valeu!!!!

  37. 37 Marcos
    novembro 6, 2008 às 12:11 pm

    hahahaaha pera ai esqueci de falar pow ai G3 tem tudo massa só q ta faltando um DVD galera pow ajuda seus amigos ai dps quando tiver tudo no esquema um DVD tal pow vai ser massa d+++ G3 é bom d++++++

  38. 38 Marcos
    novembro 6, 2008 às 12:14 pm

    kra isso é impossivel mas acho q se o G3 lançar um CD de sertanejo forró (axé nao) eu compro pq os caras merecem respeito mesmo viu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  39. novembro 6, 2008 às 1:50 pm

    Meeeeeeeu. Eu tô em pulgas por este CD. Só esperei com tanta emoção assim pelo meu Kurzweil. Olha aí, pela quantidade de pessoa falando do DDG, parece que vai ser disco de platina em 2 semanas. Vamo fazer isso? Temos poder pra revolucionar a cena musical. Força aí, G3, parabéns e vanham a Cabo Verde, Africa.

  40. 40 ADSON MORAES
    novembro 6, 2008 às 2:11 pm

    Meu irmão eu acredito que reamente este cd será o melhor, agora está faltando só um detalhe, o lufe na bateria, o cara é o melhor, esse Alexande tem uma pegada fôfa vei! tirá esse cara dai!!!

  41. 41 ADSON MORAES
    novembro 6, 2008 às 2:15 pm

    as vezes fico pensando, será que os cara s do g3 tem noção de quantas pessoas são doentes por eles, eu conheci oficina a mais ou menos nove anos atrás, e até agora sou fascinado pelo som dos caras, tenho uma banda na mesma linhagem deles, mais tenhos certeza que nunca vamos chegar aos pés tá ligado? adson moraes Recife (PE)

  42. novembro 6, 2008 às 2:58 pm

    d mais da conta de bom karas,,a cada cd do oficina,eu aprendo mais a tocar p cristo,,alias,,,,so p ele!!!!
    santo é o nome do Senhor Jesus!!!!
    valeu Duca ,,e a galera do G3!!!!!
    abraços

  43. novembro 6, 2008 às 6:11 pm

    G3 vocês sâo de mais , tocâo muito !!!
    so falta agora um DVD .

  44. 45 Gisrael Batista Pereira
    novembro 6, 2008 às 8:22 pm

    pareçe q vai ser D+
    esse cd ira vir pra abalar mesmo
    mostrar que o oficina g3 esta vivo e não só isso continua ai louvando o nome de Deus através desse estilo de musica tão boa q é o rock
    to loko pra ver e ouvir esse cd
    q Deus os abençoe a cada dia mais….

  45. novembro 6, 2008 às 9:13 pm

    Ola Pessoal! Sou novo fa do Oficina G3 apesar de conhecer a banda por anos. Eh que antes nao era cristao, mas agora sou e curto a banda muito! Por enquanto so tenho tres cds da banda, nao sei como comprar mais porque moro nos Estados Unidos. Se alguem souber de como se compra cds do Brasil estando aqui nos Estados Unidos, me diga por favor? Gostaria e muito de ter outros cds, principamente este novo que irao lancar! Boa sorte pra banda com este novo cd! Ate mais e fiquem com Deus!

  46. novembro 6, 2008 às 10:22 pm

    To aguardando e contandos os dias pra o dia 14, data pela qual o G3 vai vim aq no recife ;D

  47. novembro 7, 2008 às 5:58 pm

    Adoro o Oficinaa. só q gostariia q o PG, voltasse a cantar com vocês. Amoo vocês.
    Beijos

  48. 49 Diego Henrique
    novembro 8, 2008 às 1:58 am

    Deus do céu, definitivamente, o Oficina criou na minha vida uma esperança de que, ao lado de Deus, nada nem ninguém pode me derrubar. E que meus dons -como guitarrista- podem me levar pra mais perto de Deus, e com Ele, cada vez mais me aperfeiçoando!

    Continuem sendo inspiração como Cristãos e também como banda, heheh meu sonho é abrir um show de vcs ;D

  49. 50 Tarcísio Godinho
    novembro 8, 2008 às 8:59 am

    Não vejo a hora desse novo cd sair do forno!
    Deve estar show de bola, o oficina é e continuara sendo a melhor banda de rok gospel do Brasil os caras toca, demais!!!!!1
    valeu.

  50. 51 Matheus
    novembro 8, 2008 às 4:08 pm

    Poxa ! eu gosto do juninho no vocal! + vou comprar o no cd msm assim! espero ñ mi arrepender!

  51. 52 Marcus Fabio™
    novembro 8, 2008 às 9:15 pm

    Homens de Deus extremamente competentes no que fazem.Este eh o Oficina G3!
    Mais um album para a Gloria DELE!

    Vamo “FAZER BARULHO PRA ACORDAR QUEM AINDA INSISTE EM DORMIR!!!” \o/\o/\o/

  52. 53 Mariana
    novembro 8, 2008 às 10:24 pm

    Eu aaaaaaaaaaaaaamooo demais Oficina G3!!! Estou esperando ansiosa pelo lançamento do novo cd! Tenho certeza q vai superar minhas expectativas.

    Bjos pro G3!

  53. 54 Leo Raydan
    novembro 9, 2008 às 3:01 am

    oficina,que DEUS continue abençoando vcs e que vcs continuem evangelizando trazendo menságens até mesmo em letras pra todos,pois o mundo precisa mesmo conhecer o verdadeiro JESUS.(Depois da guerra) sendo o + novo lançamento de vcs creio eu que DEUS sempre usou vcs em suas musicas,com certeza!curto muito rock,admiro 1° DEUS depois vcs,inclusive tenho até uma banda COVER OFICINA,pois adoramos tocar suas músicas,não igual à vcs,vcs arrebentam,gosto muito do som do DUCA,JEAN mas p/ mim o favorito é o JUNINHO AFRAM,também sou guitarrista e espero OFICINA G3 com este + novo album aquí em IBIRITÉ,MG de novo(DEPOIS DA GUERRA demorô,rsrs,só imágino o que o DUCA,JEAN eo JUNINHO fizeram com os solos,rsrs,que DEUS multiplique bençãos sempre na vida de vcs e espero um dia conhecer vcs pessoalmente,quem sabe participar do décimo primeito CD com vcs rsrs,abraçusssssssssss!!!

  54. 55 Wuid
    novembro 9, 2008 às 5:26 pm

    kra, q Deus abençõe mais e mais a vida de V6. Cresci ouvindo G3, desde pivétinho sempre foi minha banda preferida e junto veio o crescimento espiritual com as letras q “flam alto” no coração. q esse novo trabalho possa só confirmar mais e mais oq a banda Oficina G3 representa e q mtas vidas possam ser alcançadas atraves desse trabalho.

    agora é só esperar pra curtir o que o Ofina G3 tem pra nos oferecer. hehehe

    abrzzz

  55. novembro 10, 2008 às 11:05 am

    Pra mim o Ofinina deveria gravar no mínimo uns 2 álbuns por ano. rs… Sei que não é fácil gravar mas acredito que fãs, não digo somente de Oficina G3, mas fãs de Ótimas Músicas em qualidade, letra e principalmente compromisso e unção de Deus, como foi também o Elektracústika. E para chegar ao 10° álbum, não podemos ter dúvidas que o Senhor está no “negócio”. Que Deus abençoe a cada dia, mais e mais a vida e o ministério de vocês. Não vejo a hora de ouvir “Depois da Guerra”. As espectativas são grandes e tenho certeza que serão alcançadas. DEUS ABENÇOE!

  56. 57 Renan
    novembro 10, 2008 às 1:16 pm

    eai duca blza véio tudo de bom pra tu em q tudo de certo na sua VIDA blx te+++

    bicho o Oficina G3 eh tudo de bom mano trouxemos muitos amigos e eles amaram envangelizei nesse dia 9 de novembro de 2008
    em tremembé no Aviva tremebeh ja te conheci sou o gordinho q entro com + 2 amigos n camarim de vcs la no aviva lembra???

    espero q lembre de mim e dos meus amigos lembra são dois gordinhos e um magrinho flow t+!!! DEUS TE ABENÇOE

  57. 58 Marcelo F
    novembro 10, 2008 às 7:56 pm

    muito boa essa entrevista!!!!
    Não vejo a hora de ouvir o CD.concerteza será uma grande benção pra nossas vidas…um abraço da banda Louvor & Glória….

  58. novembro 10, 2008 às 8:02 pm

    Esse cd vai ser o melhor!!!! da pra perceber nas palavras dessa entrevista não vejo a hora de ouvi-lo…só de pensar nos solos eu já glorifico a DEUS….fiquem na Paz um abraço da banda Louvor & Glória!!!

  59. 60 clayton luz
    novembro 12, 2008 às 1:27 am

    PAREC ESTRANHO MAS SOU UM FÃ DE CARTEIRINHA DO CATEDRAL QUE TENHO UMA ENORME ADMIRAÇÃO PELO OFICINA E ME ENCANTOU ESSA QUESTAO DA MUSICA DO ROD STEWART, A MUSICA REALMENTE É UM VEICULO DE COMUNICAÇÃO E ELA EM SI É DESPROVIDA DE PRECONCEITOS E RÓTULOS, PROCURO VER A CANÇÃO PELA SUA ESSENCIA E NÃO PELA RELIGIAO DE QUEM A ESCREVEU, E O AGIR DE DEUS NÃO ESTÁ EM NOSSO CONTROLE E A PROPRIA PALAVRA DIZ QUE ELE USA ATÉ O IMPIO PARA NOS ABENÇOAR E SE ELE USA AQUELES QUE NAO O CONHECEM ELE SABE COMO TRABALHAR COM CADA UM PARA BENS PELO TRABALHO, QUE DEUS OS ABENÇOE

  60. 61 aluisio lemos
    novembro 13, 2008 às 11:01 pm

    oficinag3 foi a primeira banda gospel à que assisti,e tudo mudou na minha vida.tenho certeza q este novo album,será benção para todos nós.Deus abençoe…

  61. novembro 25, 2008 às 2:35 pm

    “I Tried To Change”, lembro quando o proprio Mauro a algum tempo atras me enviou essa musica fikei estasiado, linda a musica!… nem tinha mesmo com mexer, a musica é perfeita! Muito bacana saber que o G3 vai toca-la. Produção do Pompeu e do Heros, os caras são do MEtal, to super curioso pra ver a sonoridade desse CD, pq se o G3 queria peso escolheram os caras certos!

    sucesso!!!

  62. 63 jefferson
    dezembro 3, 2008 às 4:27 pm

    nuss. Duca sou seu fan e acredito q vai ser muito doido esse novo cd to doidim p´ra escutra^^

  63. 64 matheus
    setembro 3, 2009 às 4:17 pm

    MANO VOCEIS SÃO D+ .
    UM ABRASSO PRA TODA RAPASEADA DO G3
    VALEU ..


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Creative Commons License

Atualizações Twitter

novembro 2008
S T Q Q S S D
« out   dez »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Fundação

A MGAssessoria começou em 2006 e o site está no ar desde 04.11.2008.

Estatísticas

  • 114,758 visitas

MGAssessoria Fotos

DSC00423

DSC00422

DSC00421

DSC00420

DSC00419

DSC00418

DSC00417

DSC00416

DSC00415

DSC00414

Mais fotos

RSS Dot Gospel

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

%d blogueiros gostam disto: